TRATAMENTO BENEFICIAMENTO RECICLAGEM SERVICE RESPONSABILIDADE SOCIAL INFORMATIVOS NOTÍCIAS GALERIA DOWNLOADS QUEM SOMOS FALE CONOSCO
NOTÍCIAS

O que é Trabalho em Altura?

É toda a atividade executada acima de 2 metros do piso de referência.

O risco de queda existe em vários ramos de atividades, o que torna a o trabalho em altura uma das principais causas de Acidentes do Trabalho no Brasil, por isso devemos intervir nestas situações de risco regularizando o processo e tornando os trabalhos mais seguros.

É preciso implantar nas empresas a gestão do trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a adoção de medidas técnicas para evitar ocorrências ou minimizar as consequências das quedas de altura. Essa gestão envolve, além das medidas técnicas, como a análise de risco da atividade, a implantação de um programa de capacitação. Já por parte dos trabalhadores, a principal obrigação é de colaborar com o empregador na aplicação dessas medidas.

Postado em 2013 Oct 15

O Grupo Renova tem a preocupação de gerenciar suas atividades em altura de acordo com as normas e regulamentos de segurança, para isto são seguidos uma série de procedimentos que são essenciais ao gerenciamento dos riscos.

Os trabalhadores envolvidos em trabalhos em altura são treinados e capacitados de acordo com cada cenário de realização destas tarefas. Só podem trabalhar em altura os funcionários que tenham passado por treinamento e estejam em perfeitas condições de saúde.

A empresa trabalha com equipamentos de elevação seguros, e fornece aos trabalhadores todos os Equipamentos de Proteção Individual necessários.

Consideramos que todo trabalho em altura começa no solo, são analisados todos os fatores de risco e possíveis condições de insegurança existentes no ambiente de trabalho e etapas da atividade, para então a Segurança do Trabalho emitir uma permissão para trabalho em altura.

O Grupo Renova acredita que nenhum trabalho é mais importante do que a segurança e bem estar do colaborador.

Postado em 2013 Oct 15

Atitudes, exemplos e sustentabilidade nas empresas

 

Responsabilidade ambiental: atitudes voltadas para a proteção do meio ambiente

O que é responsabilidade ambiental

Responsabilidade Ambiental é um conjunto de atitudes, individuais ou empresariais, voltado para o desenvolvimento sustentável do planeta. Ou seja, estas atitudes devem levar em conta o crescimento econômico ajustado à proteção do meio ambiente na atualidade e para as gerações futuras, garantindo a sustentabilidade.

Exemplos de atitudes que envolvem a responsabilidade ambiental individual:

  • Realizar a reciclagem de lixo (resíduos sólidos).

  • Não jogar óleo de cozinha no sistema de esgoto.

  • Usar de forma racional, economizando sempre que possível, a água.

  • Buscar consumir produtos com certificação ambiental e de empresas que respeitem o meio ambiente em seus processos produtivos.

  • Usar transporte individual (carros e motos) só quando necessário, dando prioridades para o transporte coletivo ou bicicleta.

  • Comprar e usar eletrodomésticos com baixo consumo de energia.

  • Economizar energia elétrica nas tarefas domésticas cotidianas.

  • Evitar o uso de sacolas plásticas nos supermercados.

 

Exemplos de atitudes que envolvem a responsabilidade ambiental empresarial:

  • Criação e implantação de um sistema de gestão ambiental na empresa.

  • Tratar e reutilizar a água dentro do processo produtivo.

  • Criação de produtos que provoquem o mínimo possível de impacto ambiental.

  • Dar prioridade para o uso de sistemas de transporte não poluentes ou com baixo índice de poluição. Exemplos: transporte ferroviário e marítimo.

  • Criar sistema de reciclagem de resíduos sólidos dentro da empresa.

  • Treinar e informar os funcionários sobre a importância da sustentabilidade.

  • Dar preferência para a compra de matéria-prima de empresas que também sigam os princípios da responsabilidade ambiental.

  • Dar preferência, sempre que possível, para o uso de fontes de energia limpas e renováveis no processo produtivo.

  • Nunca adotar ações que possam provocar danos ao meio ambiente como, por exemplo, poluição de rios e desmatamento.

Postado em 2013 Oct 15

Será encerrada em 30/09 a primeira etapa para o recadastramento obrigatório no Cadastro Técnico do IBAMA.

O Cadastro é previsto como um dos instrumentos da Política Nacional do Meio ambiente, Art.9º da Lei Federal nº 6.938/81, e regulamentado pela Instrução Normativa do IBAMA nº 06/2013, visando ao controle e monitoramento ambiental das atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos naturais.

 

Dessa forma, o cadastramento e o recadastramento são obrigatórios para empreendedores (pessoas físicas ou jurídicas), cujas atividades utilizam recursos naturais.

Confira os prazos:

 

 

30/09/2013

Pessoas jurídicas usuárias do sistema DOF (Documento de Origem Florestal) e as de grande porte, bem como suas respectivas pessoas físicas inscritas como responsáveis legais.

31/12/2013

Pessoas jurídicas de porte médio e as entidades sem fins lucrativos não filantrópicas, bem como seus respectivos representantes legais.

31/12/2013

Pessoas físicas inscritas que não se enquadram na condição de responsável legal de pessoa jurídica.

28/02/2014

Pessoas jurídicas de pequeno porte, microempresas, entidades públicas e entidades sem fins lucrativos filantrópicas, bem como seus respectivos representantes legais – pessoas físicas.

 

O recadastramento pode ser realizado através do site do IBAMA http://www.ibama.gov.br.

Caso não efetue dentro do prazo estabelecido, o empreendedor poderá ter o acesso bloqueado a todos os sistemas geridos pelo IBAMA, além da suspensão aos sistemas estaduais de gestão ambiental.

Postado em 2013 Oct 15

<< Previous 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Next >>

Powered by CuteNews