TRATAMENTO BENEFICIAMENTO RECICLAGEM SERVICE RESPONSABILIDADE SOCIAL INFORMATIVOS NOTÍCIAS GALERIA DOWNLOADS QUEM SOMOS FALE CONOSCO
NOTÍCIAS

À longa lista de fatores que prejudicam a capacidade de trabalho de uma pessoa, que vai de problemas de saúde a um simples desânimo, adicione mais um: o “estresse térmico”. Um estudo publicado na revista científica “Nature Climate Change” sugere que o aumento da temperatura global nos últimos 60 anos reduziu a capacidade de trabalho em 10%.

Se sair de casa nos meses mais quentes e abafados do ano já é difícil, para quem trabalha longe do ar condicionado a realização das tarefas pode ser ainda mais estressante. Segundo os cientistas, o verão, marcado por picos no termômetro, é o período onde a queda é mais pronunciada, especialmente em países localizados em zonas tropicais.

Quem mais sofre são os trabalhadores de indústrias pesadas, construção civil, exército, agricultura e de regiões diretamente afetadas por eventos naturais extremos. Elaborada por um grupo da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), a pesquisa indica como zonas vulneráveis a região da Península Arábica, o Sudeste da Ásia, além do Norte da Austrália e o subcontinente indiano.

A previsão é de que o aquecimento global poderá prejudicar ainda mais a aptidão do trabalhador para desempenhar suas funções nas próximas décadas. De acordo com a pesquisa, a capacidade de trabalho em 2050 será reduzida a 80% do que hoje. Não para aí. Dentro de dois séculos, por volta de 2200, a redução prevista é para 40% durante os picos de calor. E quanto menor for a capacidade de trabalho do trabalhador, menor será sua produtividade, em termos qualitativos e quantitativos.

Fonte: Vanessa Barbosa, de Exame.com

Postado em 2014 Apr 02
  • Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;
  • Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;
  • Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;
  • Na hora do banho, procurar se ensaboar com o chuveiro desligado e procurar tomar banho rápido;
  • Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da residência, esta prática polui os rios e dificulta o tratamento da água;
  • Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;
  • Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;
  • Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;
  • Reutilizar a água sempre que possível;
  • Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;
  • Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;
  • Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;
  • Captar a água da chuva com baldes. Esta água pode ser usada para lavar carros, quintais e regar plantas;
  • Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com freqüência. Outra dica é cobrir a piscina com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação;
  • Colocar sistemas de controle de fluxo de água (aeradores) no bico das torneiras.
Postado em 2014 Feb 14

Como sabemos, a água é um bem natural precioso. Embora encontrada em grande quantidade no planeta Terra, seu tratamento é caro e trabalhoso. Alguns especialistas afirmam que, se o consumo de água continuar nos níveis atuais (considerando o alto desperdício), futuramente poderemos enfrentar sérios problemas de falta de água. Além de colaborar com o meio ambiente, a prática de economia de água e seu consumo consciente, podem gerar uma boa economia na conta de água no final do mês.

Fonte: www.suapesquisa.com/

Postado em 2014 Feb 14

O Reaproveitamento da Água da Chuva veio para completar o abastecimento do local, onde não é necessária água potável, como descargas dos banheiros e na irrigação do jardim. O processo começa com a captação da chuva no telhado. Por meio das calhas dos telhados, a água passa pelos condutores e vai para as caixas coletoras (Cisternas), que possuem a função de limpeza. As calhas e os condutores seguem as normas NBR 10844- (Instalações prediais de águas pluviais). A água é captada antes do contato com o solo, pois assim será de uma qualidade melhor quando comparada com a água em contato com o meio urbano.

Esta foi uma ótima iniciativa da Renova para aproveitar esse recurso disponível onde parte dele é utilizado na higienização da sua frota de caminhões, máquinas e equipamentos, economizando na conta da água e ajudando a natureza.

Postado em 2014 Feb 14

<< Previous 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Next >>

Powered by CuteNews