TRATAMENTO BENEFICIAMENTO RECICLAGEM SERVICE RESPONSABILIDADE SOCIAL INFORMATIVOS NOTÍCIAS GALERIA DOWNLOADS QUEM SOMOS FALE CONOSCO
NOTÍCIAS

O GRUPO RENOVA tem a honra de informar que acabou de inaugurar mais uma planta de blendagem de resíduos e envio para coprocessamento, situada Farroupilha/RS.

A inauguração ocorreu dia 08 de março de 2014, com a participação de colaboradores do empreendimento.

A licença de operação foi emitida pelo órgão ambiental FEPAM, que regulariza a operação de recebimento de resíduos, blendagem e envio para co-processamento em fornos de cimento.

Através de um sistema altamente qualificado e rastreado, todas as cargas recebidas são devidamente amostradas e analisadas no laboratório antes de serem processadas. A partir disso, inicia-se um processo complexo de controle de produção, levando em conta a característica de cada resíduo para que se obtenha o CDR (combustível derivado de resíduo) de melhor qualidade para uso nas fábricas de cimento.

A empresa possui um amplo laboratório, com equipamentos de última geração, que atendem a realização de todos os parâmetros analíticos exigidos pela cimenteira para destinação do Blend de resíduos.

 

 

Postado em 2014 Apr 02

O GRUPO RENOVA participará da FIEMA 2014, Feira Internacional de Tecnologia para o Meio Ambiente, que será realizada entre as datas 22 a 25 de Abril de 2014, em Bento Gonçalves/RS.

A feira possui um excelente nível de expositores e visitantes, demonstrando o crescimento do mercado ambiental brasileiro, e também a importância dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos em busca da sustentabilidade nacional e seu reflexo no cenário mundial.

Um espaço de integração, debates, pesquisas, troca e circulação do conhecimento. A Fiema é um evento que liga quem desenvolve tecnologia voltada ao meio ambiente a quem busca soluções inteligentes na área.

Edição: 6ª edição

Realização: 22 a 25 de abril de 2014

Das 10h às 19h

Local: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Alameda Fenavinho, 481 - Bento Gonçalves/RS)

Periodicidade: A cada dois anos

Fotos FIEMA 2012

Postado em 2014 Apr 02

O Relatório Anual de Atividades Potencialmente Poluidoras e Utilizadoras de Recursos Ambientais (RAPP) foi instituído pela Lei 10.165, de dezembro de 2000, que, entre outras providências, deu a seguinte redação ao artigo 17-C da lei 6.938/81 (Política Nacional do Meio Ambiente):

“Art. 17-C. É sujeito passivo da TCFA todo aquele que exerça as atividades constantes do Anexo VIII desta Lei. § 1º O sujeito passivo da TCFA é obrigado a entregar até o dia 31 de março de cada ano relatório das atividades exercidas no ano anterior, cujo modelo será definido pelo Ibama, para o fim de colaborar com os procedimentos de controle e fiscalização.

§ 2º O descumprimento da providência determinada no § 1º sujeita o infrator a multa equivalente a vinte por cento da TCFA devida, sem prejuízo da exigência desta.”

Portanto, o RAPP é instrumento de preenchimento obrigatório, previsto em Lei. Ele deve ser preenchido por todas as pessoas físicas e jurídicas que exerçam as atividades do Anexo VIII da Lei nº. 6.938/81.

Atualmente, a Instrução Normativa do Ibama nº. 03/2014 regulamenta o funcionamento do RAPP e apresenta, em seus anexos, as informações que são recolhidas das pessoas físicas e jurídicas que devem preencher e entregar o Relatório.

ATENÇÃO: Excepcionalmente para o ano de 2014, a entrega do RAPP será realizada de 1º de abril a 31 de maio.

Saiba como preencher em: https://servicos.ibama.gov.br/phocadownload/manual/guia_geral_RAPP_2014.pdf

Postado em 2014 Apr 02
  • Diminuir o uso de combustíveis fósseis (gasolina, diesel, querosene) e aumentar o uso de biocombustíveis (exemplo: biodiesel e etanol).
  • Os automóveis devem ser regulados constantemente para evitar a queima de combustíveis de forma desregulada. O uso obrigatório de catalisador em escapamentos de automóveis, motos e caminhões.
  • Instalação de sistemas de controle de emissão de gases poluentes nas indústrias.
  • Ampliar a geração de energia através de fontes limpas e renováveis: hidrelétrica, eólica, solar, nuclear e maremotriz. Evitar ao máximo a geração de energia através de termoelétricas, que usam combustíveis fósseis.
  • Sempre que possível, deixar o carro em casa e usar o sistema de transporte coletivo (ônibus, metrô, trens) ou bicicleta.
  • Colaborar para o sistema de coleta seletiva de lixo e de reciclagem.
  • Recuperação do gás metano nos aterros sanitários.
  • Usar ao máximo a iluminação natural dentro dos ambientes domésticos.
  • Não praticar desmatamento e queimadas em florestas. Pelo contrário, deve-se efetuar o plantio de mais árvores como forma de diminuir o aquecimento global.
  • Uso de técnicas limpas e avançadas na agricultura para evitar a emissão de carbono.
  • Implementação de programas de reflorestamento e arborização, principalmente nos grandes centros urbanos.
  • Construção de prédios com implantação de sistemas que visem economizar energia (uso da energia solar para aquecimento da água e refrigeração).

Fonte: www.suapesquisa.com

Postado em 2014 Apr 02

<< Previous 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Next >>

Powered by CuteNews